Um mundo novo

Vinhas carregada. Na bagagem trazias tudo o que tinhas. Os sonhos de uma vida, entre os poucos objectos pessoais e o vestido azul. Não era novo, é certo, mas realçava-te os olhos claros, caía simples, ficavas bonita com ele. Só o vestias em ocasiões especias, podia imaginá-lo imaculadamente dobrado.

Perdi-me nos meus pensamentos enquanto te via aproximar de sorriso rasgado, olhos cintilantes… se pudesses saber! Largaste a mala, comprada para a ocasião, e agarraste o meu pescoço, feliz! Abraçavas um mundo novo, a transbordar de promessas. Confiante, crente na velha amiga… se te pudesse contar…

No caminho até à pensão de terceira onde te conduzi, não te calaste. Falaste das vinhas com o Douro a seus pés… falaste das uvas comidas junto à videira. Intervalavas com a admiração pela cidade grande, pelas perguntas que fazias em relação ao trabalho… confesso que quase te levei de volta à estação.

Revi-me em ti, no tempo em que a minha maquilhagem se resumia a um batom rosa, no tempo em que também me atrevi sonhar, no tempo em que acreditava…

Larguei-te no quarto decorado a mofo, que nem sequer seria só teu, mas não antes de te surrupiar a carteira com o pouco dinheiro que trazias e os documentos. Disse-te que iria tratar da papelada do quarto e saí… não olhei para trás… cumpri a minha tarefa e fui!

O meu filho voltaria para mim… consolei-me!

49 thoughts on “Um mundo novo

  1. “Revi-me em ti… no tempo em que acreditava…”

    Lindo… novamente lindo este teu texto.
    Por vezes a vida teima em querer fazer-nos perder a esperança, em obrigar-nos a deixar de acreditar, porém o próximo dia será sempre melhor se nos erforçarmos mais.

    Beijinhos.

  2. Viriato,

    Eu ainda acredito! No Pai Natal, já não, mas ainda acredito… mas é dificil (imagino) para quem fica numa situação como a descrita, continuar a acreditar.

    Obrigada!

    Beijinhos!

  3. Excepcional, a ideia de inocência e de “pecado”!
    É a antonímia perfeita. É uma imagem cruel da vida. Mas é esta imagem que nos faz pensar a sério no mundo que nos rodeia.
    Perfeita a associação do “tudo” com a simplicidade e “conservadorismo” do azul…
    Adoro. Adorei.🙂 Bj***S.

  4. Magda Sophia,

    Em primeiro lugar, bem vinda!
    Obrigada, não sei se o texto está isso tudo, não é de todo dos que mais me agrada, não sei se pelas palavras se pela ideia…

    Não estará a “inocência” ainda nos dois lados? Não serão ambas crentes, apesar de uma delas pensar que perdeu essa capacidade? Não estarão ambas a ser enganadas? O “pecado” e a “inocência” vão de mãos dadas…

    Qt ao “tudo”, quase sempre é simples… se fosse complexo seria apenas uma parte, não teria lugar numa mala barata, encostado ao vestido azul…

    Beijinhos

  5. Ola linda.

    A vida é tão dura, existem situações que quando nos apercebemos estamos tão envolvidas que não há volta a dar… vamos em frente e não importa o resto. É mau? Magoa? Sentimo-nos a trair os que amamos e a nós proprias? Claro que sim… Mas o que são valores, sentimentos comparados com um filho?? É uma teia que nos envolve, não ha como fugir… Seguir e esperar que um dia se desfaça…

    Ja tinha tantas saudades tuas primota… Espero que esteja tudo bem contigo. O mar anda por aqui, espero que o ciclone tenha acalmado… Tenho-me lembrado de ti.

    Gosto muito de ti querida.
    Beijinhos grandes e abraço apertadinho.

    ps – a minha situação fisica é algo que dura há uns meses… uns dias piores, outros melhores.

  6. Bom dia Primota!

    Com este texto eu queria só relembrar que todas as histórias têm várias versões, que normalmente cada um tem as suas próprias justificações… apressamo-nos muitas vezes nos “julgamentos”…

    Também tenho saudades tuas, espero que estejas bem, apesar dessa condicionante fisica. Que hj seja um dia dos melhores!

    Quanto ao ciclone, descansa, estou com menos medo da água, é o medo que por vezes nos turva o olhar…

    Beijinhos para ti querida e aquele abraço!
    TB gosto mt de ti!🙂

  7. A amiga de fato azul, daqui a uns dias, umas semanas, perceberá que a realidade é diferente… Perceberá que o mundo que vinha à descoberta, o mundo de sonho tornar-se-á em pesadelo. Sentir-se-á perdida, sofrida, traida… Terá que fazer muita coisa para a qual não estava a contar, não estava preparada… Mas nunca ninguém está, pois não?? Tu sentir-te-ás mal, não voltarás aquele quarto senão daqui a uns tempos com alguém, e quando a realidade já for outra… não atenderás o telefone… sofrerás em silencio… Mas o sofrimento tem sido tão grande ao longo dos tempos… Como se costuma dizer “matar ou morrer”!!

    Sabes, quando a chuva é muito temos tendencia a fechar um pouco os olhos para nos proteger… Mantê-los so um pouco abertos, o suficiente para ver o caminho… Mas nem sempre vemos tudo. Fico feliz por estar a acalmar…

    Beijinhos grandes pa ti

  8. Cátia,

    A amiga do fato azul, ficou enredada na teia… apartir dali, tb tem que “matar para não morrer”!
    “Eu” voltarei ao quarto, sempre que precisar, pq em tempos já decidi que preferia “matar a morrer”, será sempre assim, até estar demasiado velha, ou sem vontade de “matar”…

    Eu sei que ficas…

    Beijinhos grandes primota!

  9. Marta, confesso, estou toda baralhada.
    Ao inicio imaginei uma coisa, mas depois esse final na história trocou.me toda…

    parece.me a história duma mulher de esperanças que vive na ilusão do filho um dia voltar… mas ao mesmo tempo parece.me algo completamente oposto…

    NÃO QUERO DINHEIRO, EU SÓ QUERO AMAAAAAAAAAAAAAAR!
    hehe😛

  10. Ana,

    Esta mulher trocou a “amiga”, pelo filho… ou achou que iria conseguir trocar…
    Deixou-a sem dinheiro e sem documentos, vulnerável às mãos de “alguém”… em troca esperava receber o filho e a possibilidade de começar de novo…

    Beijinhos.

  11. Thanks pelas boas vindas!
    O texto está ‘isso tudo’ e muito mais. Continurei a adorá-lo e a relê-lo, if you don’t mind…
    Concordo com tudo o que dizes. A “inocência” está mesmo dos dois lados. Dum deles é a inocência ingénua. Do outro é a inocência… não sei. Não vou arriscar um adjectivo para aqui.
    E sim, a leitura que eu fiz foi a do duplo engano. A writer quis mostrar isso mesmo, não foi, Madam?
    Quanto ao “tudo”: é tudo, mesmo!
    A mala barata e o vestido azul representam a pureza, a simplicidade: o tudo!
    Adorei. Adoro. Really, Madam.
    Bj***S!!!🙂

  12. Querida,

    Vinha aqui ler-te antes de ir dormir… Cheguei, li… vi o ciclone e fui… fui rondar a casa, ver se estava segura ou ver se era preciso colocar novas traves, novas trancas… Não gostei da chuva, do vento… não gosto do pensamento de que tenha vindo para ficar… não gostei do à vontade com que se instalou… (meras opiniões que não deves mesmo ter em conta).

    Voltei para te deixar um beijinho de boa noite que para ti será de bons dias… Espero que estejas bem. Ando mesmo com saudades tuas…

    Beijinhos grandes e um abraço apertadinho.

  13. Magda Sophia,

    Obrigada mais uma vez.

    Agora vamos por partes, qt ao ler e reler, pode fazê-lo as vezes que quiser, aqui em casa vive-se em democracia, entra e sai quem quer. Aliás, eu até costumo dizer que a casa é de todos, embora obviamente seja mais de uns que de outros…

    Qd escrevi o texto quis mostrar o duplo engano sim, sugerir até, para quem pensar um pouco no assunto, que a rapariga do vestido azul, daí por uns anos pode estar no papel oposto…

    Os “tudos”, variam muito, o meu “tudo”, por vezes parece quase nada aos olhos de alguns!

    Beijo

  14. Primota,

    Para mim é mesmo bom dia, ou melhor, espero que seja!
    Os dias tem sido ventosos, mas de uma forma ou de outra isso vai mudar. Não te preocupes, que tudo tem solução e tudo se arranja. Qd há mais vento, penso que pra semana já estou de férias e que me vou estar a ca*** para isso!

    Espero que estejas bem! Tenho saudades tuas, temos que ter uma daquelas nossas conversas para descomprimir. Parece que só tu entendes os meus ciclones!

    Tem um bom dia querida.
    Ah! Fiz bolo, come uma fatia!😉

    Beijinhos e um abraço GRANDE!!!

  15. 😀

    Hoje é mesmo bom dia?? Que bommmm…. Fico feliz. Férias?? Outra vez??!!! Xih… “Estás sempre de férias”, disse-te uma vez e parece que tinha razão… Mas pronto, quem quer bons “empregos” arranja-os…😛

    Ontem não gostei do que vi… O vento entra assim descontraidamente, pela porta, janela e até pelas frinchas e acomoda-se, desarruma tudo e não está nem aí… Mauuuuu… Só eu é que te compreendo? Mas isso já sabiamos há muito tempo, ou ainda tinhas duvidas?😀

    Temos que falar sim… Falamos logo… se não estiveres muito ocupada😉

    Ontem ia-te pedir uma fatia de bolo, mas não o fiz… Não estava mal, eram apenas saudades… Mas parece que o meu desejo chegou até ti na mesma… Quero muito essa fatia. Obrigada querida.

    Beijinhos grandes e um abraço enorme cheio de carinho

  16. Cátia,

    Sabes que não é verdade, mas enfim… perdoo-te!😉 Isto é mais cada um com o que merece… eu devo ser péssima dado o que me tem saído na rifa!😀 ( O boss hj tirou o dia para me lixar o juízo, lixar, no sentido daquela variação em que se escreve com “f”).

    Eu tb não gostei, vamos ver…

    Falamos sim!

    Agora vamos comer o bolo, parece delicioso!😉

    Beijokitas!

  17. R. Filgueira,
    🙂 tb não vejo necessidade.
    🙂 a Plim é uma querida, mas sinta-se à vontade para perguntar sempre que queira. Eu até a mim me baralho, qt mais aos outros.

    Beijo

  18. Respondendo à R., se aquilo era para mim/nós, que fique descansada… Eu e Marta ameaçamos muito mas acabamos por não bater nunca… Ela tem um amor enorme por mim e não me resiste😀

    Primota, quanto ao teu boss… nao lhe ligues.. finge que o ouves, e depois esquece logo no momento a seguir. E pensa que estás quase de férias…

    Gostei do bolo… estava delicioso… Mas deixei um pouco para logo, para comermos juntas.

    Beijinhos grandes

  19. Cátia,

    Sentes-te segura de que do alto do meu 1.57m eu não te rache no meio?😛 Eu ameaço-te e um dia vai. Sou tua prima mais velha… por isso posso! :d😀😀

    Fora de brincadeiras, sabes que não te resisto mesmo!🙂

    O chefe, hj começou o dia a implicar com as férias, que estamos mal organizados… culpa dele… eu não estive de modas e perguntei-lhe se achava que a culpa é minha, e disse-lhe que quem manda é ele, e que concordo que não está bem, mas está como foi definido por ele.
    Temos pena!

    Enfim, agora vai um cafézito para acalmar!😉

    Beijoooooosssssssssssssss

  20. Nunca subestimem uma mulher de 1.57m!

    As aparencias iludem.
    😛

    Meninas acordei à pouco…. vou.me fazer de convidada para o café hehe

  21. Ana,

    Está já a sair mais um cafézito, se mais alguém quiser um, sinta-se à vontade para sentar, terei todo o gosto em servir.
    O café até está bom, não fui eu que fiz…😛
    Para acompanhar só já tenho bolachitas, mas o almoço está quase aí, tb não se pode comer mt!

    Bom dia Plim!😉

    Beijinhos.

    ps- eu sei, tu tb és uma gigante de 1.57m😀

  22. Quanto ao café, sabes que ja bebi de manha e aguardo para o final do almoço para o segundo. E gosto mais do teu café… É certo que nem sempre está muito bom, mas só por saber que é teu, sabe-me muito melhor. Eu deixo a Ana juntar-se a nós também… mas só porque ela tem 1m57😀 Olha que três gigantones… eu cá me fico pelo meu 1m53😛 (mas olha que café para acalmar nunca é boa solução… mas eu nao digo nada senao.. ui… é desta que levo tareia.. e sim, por seres minha prima mais velha tens todo o direito.. eu gosto😉 )

    Beijossssss

  23. R. Filgueira,

    Eu sei que não se referia às primas, como imagina.
    Obrigada. Eu sei que desagrado a muita gente, mas prefiro assim, que entendam ou não, mas que saibam com o que contam, e que digo o que realmente penso e não o que ficaria bem pensar. Ainda bem que aprecia frontalidade, acredite que gostei de ouvir.

    Beijo.

  24. Cátia,

    Já sei… o café fica para depois…
    Desculpa? o meu café nem sempre é bom??? Tu esticaste miuda… aiai… um dia destes mostro-te umas coisas!😛
    Ficamos 3 gigantones mesmo! Ui!!! Que medo!😀

    Beijinhos e aquele abraço!

  25. Cátia, 1.53m?! (really?!)
    HEHEHE

    Ainda consegues ser “maior” que nós😛

    E deixem lá o café. O que vinha agora mesmo, mesmo a calhar era um geladinho. Ui!
    Daqueles do Mac!! nhamiii!

  26. :$

    Prima, a Ana está a meter-se comigo… aiiii…. Bem Ana, aceito o convite para o gelado. Ontem por causa de um telefonema de trab deixei um gelado À espera durante 45min… Imaginam como dp me soube bem não é? Estava assim… Quase bom para beber à palhinha…😛

    Prima, eu estava a tentar elogiar o teu café, mas tu levas sempre para o lado errado… (uff… espero ter-me desculpado desta…😀 )

    Beijinhos para as duas

    ps- A da R. escapou-me…

  27. HAHAHA!!
    Que fofa! És mesmo pequenina😀 (putxi putxi!!)

    Ontem comi dois gelados!! DOIS!
    É verdade. Abusei, mas pronto, foi só ontem.
    Andava com uma vontade enorme de comer doces e olha…
    😛

  28. Ana, Putxi?? aii… Fala um gigantone com mais 4 cm que eu…😀

    Isso dos DOIS gelados era para meter inveja?? Conseguiste… grrr…

    Prima desculpa esta conversa lateral, mas foi impossível nao responder…
    beijinhoooossss

  29. Meninas,

    Pois…😦 Eu ausento-me um bocadinho e vocês fazem a festa sozinhas… o meu gelado está já com uma palinha lá dentro… parece o teu primota!😦 Oh pá!!! assim não gosto😦

    Cátia, não te saiste mt bem com a história do café… ainda não vi como é possível que aquilo seja elogio :s

    Ana, tu não gozes com a minha primota… AIIII, vcs sem mim ficam logo desorientadas! hahaha (modesta eu!)

    Beijinhos, muitos, para as 2

    Ah. agora que já vos tratei mal, confesso que fiquei contente com o gelado derretido, não gosto mt e assim tive uma boa desculpa para não o comer!😉
    Para mim é café com gelo!😀

  30. Primota, a festa não é igual sem ti… estavamos a tua espera… Não dizes sempre que a casa é muito minha? Que queres que me habitue à casa nova? Pois é… hoje apeteceu-me não olhar para as paredes e toma-la como minha…

    Eu disse que independentemente de como estivesse o teu café eu preferia só por ser teu.. mimos…

    Sabes que sou mesmo uma desorientada sem ti… Fazes-me bem, e isso vale por tudo. Obrigada por me defenderes com a Ana😛

    Beijooooooooo

  31. Menina Cátia,

    Não se entusiasme! Eu ía agora mesmo puxar-lhe as orelhas, é mt feio fazer queixas da Ana!!!

    Eu adorei a vossa festa! E sim quero que gostes desta casa, e te sintas cá bem… sei que a outra foi a 1ª, isso é sempre especial, mas temos que seguir em frente!
    Tb me fazes bem! Muito! Tu sabes.

    Aliás, obrigada meninas… o dia hj seria bem mais cinzento sem vcs! Lindas!

    Beijo grandeeeeeeeeeeeeeeee primota!

  32. Bem, o que é que eu perdi (pausa para ir reler tudo o que foi dito na minha ausencia…)
    Pronto, AH!

    Cheguei agora do aniversário de um menino que fez 2 aninhos. É claro que eu, como criança que sou fiz a festa com eles e agora estou de rastos com uma enorme dor de costas, porque isto de andar a fazer de gato para 5 miudos é dose :s

    Preciso de massagens com urgencia!!

    Ainda bem Marta que conseguimos animar um bocadinho que seja o teu dia.😉

    beijinhos!!!
    (O que é que eu jantooooo?!)

  33. Ana,
    😀
    Eu tb faço isso! Fico de rastos mas adoro!

    Massagens, como é que te digo isto… eu gosto mais de outro tipo de pele, para por as mãos em cima!😉

    Animaram mt o meu dia acredita! E eu gostei!😀

    Beijinhos!!!

    (não sei… que faço para o meu? :S)

  34. Eu tambem ando a precisar de umas massagens.. ando aqui com umas dores.. nas se nao te importas prefiro mais outras maos tb…

    Quanto ao jantar, hoje tb tive que “fazer” o meu.. Nada que um prato de frutas variadas e um iogurte nao resolvam por um dia… isto depois de um dia de trabalho nao apetece fazer.. (sei que há pessoas que têm k o fazer todos os dias… mas isto é assim, viver com os pais tem os seus privilégios… :P)

    Bem, que dia cheio de conversas hoje… Isto é o que eu chamo um dia produtivo de trab… eheh. Mas foi muito bom, estava ja com saudades destas nossas conversas…

    Beijosssssssss prima

  35. Cátia,

    Eu tb não fiz jantar… nada que uma “ração” de sopa, daquelas que fiz outro dia, não resolvam por um dia!😉
    Senti uma certa provocação no “privilégios”, mas enfim, tu és piquena e eu deixo passar!😛

    Foi um dia cheio de conversas sim, e eu gostei muito, tb já tinha saudades!

    Beijinhos primota.

    (A parte das massagens, é bom que prefiras outras mãos, assim poupas-me o trabalho de arranjar uma desculpa)😀

  36. É sempre uma aventura ler os comentários após o post! Acho que tenho que ler o post outra vez, porque já me esqueci do que tratava😛

    A mim custa-me sempre ver a inocência assim destruída, davastada. Mas eu sou crente, o que se há-de fazer…

    P.S. Alguém falou em massagens?😛

  37. Cris,
    🙂 Os comentários são nossos, de todos os que aqui passam e eu sei, na maioria das vezes, sem esses comentários este blog não teria a menor piada. E eu já o teria fechado!😉

    O texto… era uma rede de prostituição. Imagina alguém com poucos meios, pouca instrução e muitos sonhos. Demasiados contos de fadas. Imagina que esse alguém é aliciado por uma velha “amiga” que está na cidade com “um bom emprego” e uma “boa vida”. Imagina que essa amiga lhe rouba os documentos, o dinheiro e a deixa numa pensão de terceira… dias… sozinha, sem nada. Imagina o que ela será capaz para sobreviver. Imagina os favores que ficará a dever ao dono da pensão por um prato de comida… imagina que daí por uns anos é ela que tem um filho nos braços, que lhe é tirado… imagina que também ela será capaz de introduzir alguém no esquema para reaver o filho… imagina… mas depois bebe um café e pensa noutra coisa!😉

    Beijo e boa semana!🙂

    Cátia,

    Onde a Cris veio parar.😀 Ao pós ciclone no meio da tempestade!😛 que era só chuvinha!😉

    Beijos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s