O “meu” José

Lembram-se do pequeno José?

O envelope saía amarfanhado, para fora da caixa de correio. Precisei apenas de o puxar sem abrir a caixa. Senti o coração disparar imediatamente ao ler o remetente – CCS Portugal.
“É o meu José!” Disse a quem me acompanhava.
Atrasada, para não variar, entrei no carro com o envelope a queimar-me os dedos, e a ansiedade galopante. Já sentada ao volante, estiquei o envelope e pedi-lhe que o abrisse.
Passaram-se minutos, sempre comigo a espreitar pelo canto do olho, para as folhas impressas que iam surgindo.
“Isto é tudo igual ao que já recebeste!”
A excitação começou a dar lugar à desilusão… mais folhas, mais informação já conhecida…
“Está aqui!” – Ouvi finalmente.
Mais tarde, sentada com o pequeno panfleto nas mãos, olhava a foto e a emoção que senti e sinto, devo dizer-vos que foi e é, muito maior do que a esperada.
É um menino lindo!
O Essi, por aqui usarei este nome, é um lindo moçambicano, de 6 anos de idade. Vive na Ilha de Moçambique, que se situa a norte, a cerca de 180 Km de Nampula. Um local rico arquitectonicamente, marcado pelos 500 anos de presença Portuguesa, mas também, por toda uma grande mistura étnica, sendo a sua população marcadamente muçulmana.
A ilha, um local de cerca de 1 Km2, é a casa de aproximadamente 17.000 habitantes… as condições de vida são precárias, sendo a água potável um luxo, a que apenas 20% da população tem acesso!
O Essi, vive com os pais e seis irmãos, numa casa construída em materiais locais, sem saneamento, sem água, sem luz! O sustento da sua família, chega pelas mãos do pai, que como a maioria dos locais, é pescador. O menino tem uma saúde frágil, e é acompanhado no Posto de Saúde Local.
Apesar da sua história de vida difícil, o Essi, é um menino esperto e brincalhão. Frequenta a 1ª classe e apresenta um bom comportamento.

A foto… trago-a comigo e mal tenho oportunidade exibo-a orgulhosa!
O Essi já me conquistou! Já me fez feliz! Já é um dos meus heróis!!!

Hoje não digo mais nada sobre o programa de Apadrinhamento à Distância, já me alonguei muito. Limito-me a agradecer, aos que embarcaram comigo nesta aventura! E aos que hoje, ao lerem estas palavras ficarão felizes por mim… OBRIGADA!

Marta

29 thoughts on “O “meu” José

  1. Querida PARABENS!!

    Não sei se consigo imaginar ainda o que sentiste, mas sei que vou sentir em breve… Mas ao ler estas tuas palavras sobre aqueles momentos, fiquei emocionada… O Essi entrou na tua vida, como poderia entrar qualquer outros menino ou menina… Mas esse agora é especial porque é o TEU afilhado, e está à tua responsabilidade. Poderás dar-lhe a possibilidade de ter uma melhor saude, melhor educação e outras condiçoes de vida que neste momento não tem.

    No momento que escrevias este post, escrevia eu um comentario no teu post “O pequeno José”… Tive um pequeno problema com a minha candidatura, mas está tudo resolvido e em breve também terei a felicidade que sentiste nesse dia.
    Fico feliz por ti e pelo Essi.
    Obrigada pela pessoa que és.

    Beijinhos grandes e um abraço apertado

  2. Primota,
    😀 Obrigada!
    Já vi o que aconteceu, fico contente que esteja resolvido.
    Em breve, saberás a que emoção me refiro. Não me canso de olhar para a foto, para os olhos vivos… lindos!
    Tu não só embarcaste comigo, como tb me indicaste o barco… ainda bem! Obrigada!

    Beijinhos e um abraço! GRANDE!!!😀

  3. Que momento bonito, sem duvida!

    E agora que já conheces o teu José, ou melhor, o “Essi”, deve ser um orgulho barbaro por fazeres algo que vai mudar a vida de alguém.

    Parabéns!!

    Só uma coisa, existe a possibilidade de o conheceres pessoalmente?

  4. Ana,

    Estou contente comigo, é verdade, estou mesmo. Durante muito tempo, sentei-me a lamentar-me, e esqueci que muitos nem ousam sonhar com o que eu tenho… resolvi ter menos pena de mim, e fazer qq coisa, por muito pouco que seja!
    Espero poder melhorar um pouco a vida do Essi… e sim posso conhecê-lo! Posso ir visitá-lo!
    Para já irei escrever-lhe e enviar algumas coisas, não muitas, pq não me é possível, mas algum material escolar, para ele e para os meninos da sua comunidade!

    Beijinhos grande!

    R. Filgueira,
    🙂
    É não é? Eu tb acho!

    Beijinho.

  5. Marta,

    Eu estou muito contente por ti. Tens um grande e lindo coração. Deves sentir-te muito orgulhosa da tua bonita acção. Ficamos então a aguardar a foto do teu afilhado especial.

    Grande beijo, menina do coração grande!

  6. Parabens linda.
    Sente-te feliz por o teu José terá carinho à distância…!

    Eu estou à espera do meu afilhado/a…:) ansioso pois…

  7. Carracinha Linda,

    Obrigada! O coração não é assim tão lindo, tem os seus recantos e os seus perigos… mas tlv não seja um caso perdido!😉

    Beijo grande!

    Fontez,

    Obrigada! Ele já me fez feliz, à distância.
    Não percebi a tua última frase.

    Beijinhos.

  8. Iara Alencar,

    Olá!🙂 E bem vinda!
    É verdade, qq pessoa pode apadrinhar uma criança, não é preciso muito para ajudar!

    Beijo.

  9. Fico feliz por ti e agradeço-te do fundo do coração a coragem de não cruzar os braços e tentares fazer algo que apesar de te parecer pouco é muito para quem não tem nada.

    Beijinhos.

  10. E um desejo que vivia em ti deu origem a uma espécie de amor. Mesmo que não morem na mesma casa está no meio uma ponte constituída por uma corrente mais sólida do que qualquer outra coisa. Nada a quebra porque o Essi fará agora parte de ti para sempre.
    Adorei. Parabéns Marta.

  11. Emocionaste-me!
    Fico feliz!
    Convido-te agora a colocares no teu blog o logotipo que dá acesso ao site – Por Darfur – e assim permitirás que mais pessoas tenham acesso á informação e que ajudem…
    Se ainda não assinaste a petição de urg~encia…fá-lo e divulga..
    deixo-te o script:

  12. Querida!
    Nem imaginas como me emocionei! Também, agora ando mais fragilizada… (vou ficar com os meus todos fora… Não bastava um deles estar com o mar a separar-nos e agora os outros dois só os ver ao fim de semana) desculpa este àparte.
    É lindo esse teu gesto de apadrinhar uma criança. Que te sintas sempre feliz com isso e que Deus te recompense.

    Beijinhos

    Fa-

  13. *Marta Estrelada*,

    É engraçado, o que uma simples fotografia nos faz sentir. Não conheço a voz, o riso, os gestos, mas o olhar que vejo na foto toca-me imenso. Não sei se algum dia o irei ver ou não (espero que sim), mas sei que estás certa, não o vou esquecer!
    Obrigada.

    Beijinhos.

    Gk,
    🙂 Obrigada.

    Beijo.

    Fa,

    Imagino que seja difícil a uma mãe ficar afastada dos filhos. Para a minha não tem sido fácil, tanto eu como a minha irmã, saímos de casa com 18 anos… ela não se conforma com os km que nos separam e no meu caso, estou a 100km, não é mt, mas é o suficiente para não nos vermos todas as semanas, no caso da minha irmã… a distância é bem maior. Enfim, esta minha conversa não ajuda nada, mas o que eu queria dizer, era que acontece com frequência, é natural e naturalmente difícil… por isso esta nossa casa tem sempre espaço para estes desabafos! Sempre que queiras!
    Qt ao apadrinhamento, como já aqui disseram, qq um o pode fazer, não é nada de transcendental, mas para mim, foi uma decisão importante. Fiquei feliz com ela. Eu costumo dizer que tenho mta força de vontade e pouca vontade de fazer força, mas desta vez, tb tenho vontade de fazer força! E Deus já me esta a recompensar, através do que estou a sentir!

    Beijinhos.

  14. Elsa Nyny,

    Obrigada! Bem vinda!
    Hoje à noite farei isso, aqui não consigo, mas sim andava já para o fazer!🙂

    Beijo.

  15. Ola primotaaa,

    Acho que isto anda muito sossegado por aqui…Pois é, vim aqui algumas vezes, mas como vi isto tranquilo tambem não perturbei o silencio, e era preciso trabalhar um pouco… às vezes é preciso sim… Mas venho deixar-te um beijinho…

    Hoje de manha, sonhei acordada, com o meu José… receber a carta, receber a fotografia, poder escrever-lhe, poder enviar-lhe algumas coisas… Acho que nessa altura irei as compras com uma alegria imensa.. Podem-me chamar sonhadora, podem dizer-me mil coisas, mas a verdade é que estou feliz so pela atitude que tive/tivemos.

    Deixo tambem aqui a informação ao Fontez, ou a qualquer outra pessoa que leu o teu post, que se se candidatou na 2ª quinzena de Agosto e se nao recebeu feedback até ao momento, entao é porque nao a receberam. Por favor telefonem para lá a perguntar, ou façam nova inscrição no site.

    Beijinhooooossssssss pa ti

  16. Cátia,

    Primota, sonha muito, sonha mesmo, pq vai ser melhor ainda do que sonhas agora, vais ver! Eu tb estou feliz pela nossa decisão, já estava, mas depois de olhar a foto, fez ainda mais sentido!

    Obrigada pela informação que aqui deixas, pode ser que alguém esteja nessa situação.

    O dia tem sido calmo, daqui a pouco já vou ver se consigo escrever qq coisa que retire a paz que aqui reina!

    Beijinhos e aquele abraço.

    Iara Alencar,

    Não sei se te entendi, não entendeste o post ou o programa de Apadrinhamento?
    Se foi o post é por calhauzisse da autora, moi!😀
    Se foi o programa, segue os 2º e 3º links do post.
    Eu apadrinhei um menino e estou muito muito contente.

    Beijo.

  17. Pingback: não fazer nada | conto aqui...

  18. Pingback: essimela | conto aqui...

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s