sem

Olho-te uma última vez em laia de despedida.
Um adeus interno, duma chegada que nunca se deu.

Perco-me na estrada de volta, no caminho que não percorri.
Não entendo porque tenho então as pernas cansadas… de onde me chega a fadiga?!

Gravo a brisa na memória.
Escuto o aroma que veio de ti… uma última vez!
Cheiro na chuva os sons antigos, de ainda agora, que me borbulhavam nos dedos e sigo.
Descubro as letras escondidas nos troncos do caminho.
Descubro-as e deixo-as… livres… doem-me as mãos para as poder carregar.

Não tarda estarei em casa, de onde nunca sai!

27 thoughts on “sem

  1. Por vezes há sonhos que mesmo sendo apenas sonho são vividos com tal intensidade que passam pela realidade de existirem mesmo.
    Sem isso o homem não sobreviveria, sem isso não evoluia e a vida não teria o mesmo sabor!

    Quem nunca sonhou? Quem nunca volgou ter sem nunca ter tido?

    Um beijo Marta

  2. As despedidas são eternas musas para os verbos. Mas gosto de pensar que atrás de uma está sempre um novo regresso. e enquanto não vem, vamo-nos refrescando nas brisas imemoriais.

    Hoje também tive uma despedida Marta🙂
    agora é a tua vez, na próxima semana hehe
    tadita de ti
    que o Fontez é um amor de pessoa…

    beijos

  3. Ando sem palavras… ja vim aqui mil vezes hoje mas ainda nao consegui comentar… nao sei bem o que dizer…

    o aspecto do post, devia dizer-me algo, mas nao consigo ver… depois o resto… poetico, sem duvida.. despedidas de vidas que aconteceram e nao aconteceram, ao mesmo tempo?!

    Talvez quando ando me surgirem mais palavras me pareça algo…

    Um beijo

  4. sao imensos os galhos…
    …se estiveres atenta como um pequeno passaro…
    …distraida como arvore ao vento…
    …perdida nos pormenores…
    …encontras o ramo sem medo…
    …despedida das estacoes…
    ..dos momentos…
    …non-sense!!

  5. Catarina,

    Sonhos, ilusões… sim é uma das muitas leituras possíveis, aliás, uma das mais lógicas. Todos mais tarde ou mais cedo, vivemos a situação que descreves. Tu chamaste-lhe sonho, eu pensei em engano. Não em traição, apenas engano. Um engano pessoal.
    Gostei do comentário.

    Beijinhos!

    M.,

    A despedida, seja um até sempre ou um até já, é sempre fonte de inspiração. Neste a inspiração foi a musica que está no contudo.
    Pois é!🙂 para a semana calha-me a mim!🙂

    Beijos.

    Cátia,

    Comecemos pelo aspecto. Queres a razão que me levou a deixá-lo estranho ou a explicação pomposa que ficaria bem?😀 … Pronto, conto-te as duas.
    O texto era pequeníssimo, portanto para o “esticar” cada frase ocupou uma linha. A configuração divide os parágrafos. O espaço entre eles, ganha mais espaço. Além disso a ideia era estar desorganizado, tal como estão as ideias. Quem vive um engano fica perdido, baralhado.
    Podia também dizer que enquanto vives um engano, varias entre extremos e só no final, quando finalmente “chegas a casa”, a um porto seguro, alcanças um equilíbrio. (esta seria a pomposa😛 )
    Quis contar um engano tal como disse à Catarina. Mas podia perfeitamente estar a falar do engano que eu própria cometo, a cada vez que volto a esta terra onde vivo, percorrendo um caminho que conheço desde sempre, mas que dificilmente algum dia será meu.😉
    (estas explicações todas são também uma benesse para o amigo da casa azul!😛 )

    Beijo grande e aquele abraço!

    Bruno,

    È porque me perco nos pormenores, porque de vez em quando fico atenta aos galhos e ao que me diz o vento, que tudo isto na maioria das vezes não passa disso mesmo, non-sense!😉

    Beijo enorme!

    Cd,

    Tu és muito calão! Lê o post outra vez e… aproveita para ler as respostas!😛 😉

    BEIJO

    R. Filgueira,

    Qualquer engano se torna um labirinto… mas com uma saída, que deve ser encontrada a sós…

    xii

    Fontez,

    Estar e não estar, existir e não existir, ter SEM nunca ter tido…

    Beijos.

  6. OBRIGADA A TODOS PELA VISITA, ACHO QUE ESTA SEMANA SERÁ DAS COMPLICADAS, A PREVISÃO É QUE ALGUNS PROBLEMAS TÉCNICOS ME IMPEÇAM DE ANDAR MUITO POR CÁ E DE VOS VISITAR… MAS ENQUANTO EU ESTIVER NO LIMITE ELÁSTICO (JÁ QUE FALEI EM QUESTÕES TÉCNICAS), E ESTOU, ESTOU BEM!😉

    ATÉ AMANHÃ À NOITE, ACHO…

    BEIJOS.

  7. Vê lá… nada de esticar demasiado.

    Também passei só de rajada para te desejar uma boa semana (vivam os feriados) e deixar um beijinho. Tempo é coisa que também anda em falta por aqui. Felizmente sem problemas técnicos.
    😀

  8. Bem… isto é poesia!
    Seria preciso desmontar o texto para perceber melhor para além do que ficou dito… mas hoje a minha cabeça anda mais para números…
    ando aqui meio perdida no meio deste IRS, ainda não é hoje que isto fica feito😦
    Ui! estou baralhada😉
    beijoka

  9. Bruno,

    “and im ok!!!” – Isto é o que eu queria ouvir não é?😀

    Beijo enorme, ainda sem deformação plástica!😛

    Carracinha Linda,

    O tempo, a paciencia… enfim, mas estou bem dentro do género! Vou esticando… a ver vamos se é sem partir e sem deformar!😉
    Um bom fds grande!🙂

    Beijocas!

    Fa,

    Estás baralhada… hummm… com o IRS?😛

    Beijoca grande!

  10. Vim deixar um beijito e desejar um bom fim de semana.

    Baralhada com o irs pois, com que outra coisa seria?😉

    Mas já passou…

    Então, beijito(s)

  11. Bom dia primota, boa semana…

    Andas por aqui ou ainda é so preguiça e problemas tecnicos?! Ja começavas a trabalhar, nao?!😛

    Espero que estejas bem e recuperada do fim de semana… lol.
    Um beijo grande

  12. Tiraste foi férias e agora dizes que estás sem net no trabalho… pois, pois… a mim não me enganas!
    Qual foi a praia desta vez?😛

    Beijinhos!

  13. LOL

    Cátia, amori, eu acho que ainda vamos é passar a madrugada de sexta para sabado ao relento😛

    Martuxa, já estou a ver tudo, quer dizer a imaginar… com que então amor e uma cabana? quer dizer amor e dois emplastros, porque imagino que tenha sido tudo menos um fim de semana romântico😛

    hehe

  14. Plim plim, agora esticaste-te… por acaso aquilo dos dois emplastros era (tambem) para mim?! Nao foi fim de semana romantico?
    Entao você num sabe que eu e a martxinha é tórna tudo um espétaculo?! ui cariño, qui bom… Náda cómo dançá tina agarradinho.. (mas como você disse ki isso é kizomba, vê-se lógo qui num percebe nada disso, ta legau?)

    Quanto a dormir ao relento… nao lhe dês ideias… tu nao sei, mas eu posso sempre ir dormir a casa😛

    A conversa anda animada por aqui😀

  15. LOL
    Eu sabia lá que a Tina era essa grande senhora… achava que era musica áfricana prá dançá agarradjinho.

    Eu a casa não venho dormir, mas a sorte é que em Lisboa há mais vianenses que cá em viana… sempre tenho alguns abrigos onde repousar a beleza😛
    A minha gente está a invadir a capital lol
    😀

  16. Bem… parece que andamos desaparecidas. Falta de tempo, de inspiração ou vontade? Não sei bem… mas já reparaste que não “postamos” há tanto tempo?

    Vamos ver se hoje ao serão arranjo um bocadinho para escrever qualquer coisa…

    E com isto tudo, a 2ª feira está quase passada!

    Beijocas

  17. Carracinha, ela está bem sim… está com problemas técnicos para vir aqui… Nao te preocupes.

    Um beijo para as duas, para ti e para a desaparecida em combate😛

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s