pontos de vista

Começaram por ser detalhes repetidos todos os dias, apenas isso. Pequenos nadas que devo confessar, sempre apreciei. Um certo mistério, um andar dengoso, um bater de pestanas, uma ou outra palavra mágica embrulhada em batom.
Sem que desse por isso, acordar tornou-se fácil a cada manhã na expectativa de a voltar a encontrar. O primeiro café que durante anos foi apenas mais um vicio, transformou-se como num passe de mágica no melhor do meu dia.
Ao balcão comprido lá estava ela deslumbrante, à hora que eu sentia marcada… daí a partilharmos a mesa do fundo foi simples, tão simples que nunca me questionei. Foi o que tinha que ser. Há coisas assim sabem? Com a simplicidade de um sorriso e um embriagante emaranhado de sentimentos.
Começámos por partilhar um café e agora partilhamos uma vida. Passaram-se entretanto seis anos. Ela? Continua a ser um mistério que vou desvendando a cada manhã.
E apesar de preferir a palavra feiticeira, não posso dizer em boa verdade que discordo da minha mãe quando ela me diz:
“A tua namorada é uma bruxa!” 

 

O texto nasce da ideia plantada aqui.

49 thoughts on “pontos de vista

  1. Sim enviei, mas com a plena consciência de que distorci o tema… e por outro lado apenas fiz uma abordagem diferente. Gostei do desafio e ao ler a frase foi quase imediato saber como seria a estória, o que nos dias de hoje não tem sido comum. As coisas têm que ser mais ou menos imediatas, que eu não ando aqui para me matar de esforço. Ou escrevo porque me dá gozo, ou não escrevo! E pronto, foi o que se arranjou, que eu tenho os neurónios de férias, vive-se de serviços mínimos!😀

    Beijinhos!

  2. Cá está o texto!!! Gostei, gosto sempre dos teus cenários, da forma ligeira como te aproximas dos fortes finais. Estou certa que a Marita tambem gostou, nada como um novo olhar ao tema😉

    Beijinhos primota.

    Quanto ao bruno, nao lhe des mta conversa, sabes que ele é matador e podes correr perigo!

  3. …cris…nao te preocupes com a minha conversa de matador..sou inofensivo…elas fazem de mim aquilo que nao sou…

    …catia…estas em divida com o meu blog pelo menos cento e cinquenta linhas…podes aproveitar e redimires-te ou seres excomungada do meu pequeno inferno…

  4. Cris,

    ya ya ya!😛

    Beijoca.

    Cátia,

    Cá está o texto, pikeno, que é para não ser muito maçador!😛 E o teu conto? Já mataste alguém ou estás a ser forte?😀

    Quanto ao Bruno, eu tenho lá algum medo. Não é qualquer coisa que me assusta!😛

    Beijocas!

    Bruno,

    Tu tem juízo… olha que no fim disto é o matador que sofre o ataque.😛

    R. Filgueiras,

    Se interrompe? Claro, e muito BEM!😀
    Eu sei lá se é a magia do amor… isto parece-me mais prenuncio de tempestade!😉

    xii

  5. Bruno,

    Tu não me estragues a reputação, não me venhas cá contar essas histórias escabrosas!
    Mas sim, não representas um perigo, pelo menos eu estou muito segura disso.😉

  6. A ultima frase lembrou.me aquela série que dava durante a semana no canal 2: “casei com uma feiticeira” e também existe um filme com a Nicole Kidman com o mesmo nome.

    Bom dia!

  7. 😕 parado? pa ra do? PARADO CÁTIA MARIA?!?!

    Resolves isso com facilidade, introduzes um rato na estórias e assassinas o bicho com requintes de malvadez. Pronto, assunto arrumado!😛

  8. cris….nem que eu me chamasse vanessa…um dos pontos que jamais deves dar por certo…o nunca esta mais proximo do sempre do que imaginas…mas gostei da afirmacao…demonstra personalidade…
    …esta cena de me acordarem…nao esta com nada!!!
    …o aerodromo fecha as 16 tenho programa para hoje…(ya programa!!!)

  9. fechou…escolhe a tua fruta!!!va!!e desde quando que comigo ou contigo algo e certo?tens de me explicar isso!!mas nao hoje,,,que estou cheio de sono!!!

  10. Cátia,

    Bom dia, sabes que eu via o “vamos fazer amigos entre os animais” como um dos mais clicados e não sabia de onde vinha!😀

    Eu pela minha parte agradeço o “animal”!😛

    Beijinhos para as duas!😉

    Fontez,

    Tem dias…😉

    Beijo!

  11. E peço também desculpa se incomodei alguém… ontem parecia.me segunda e hoje também. Os dias não passam e o humor piora a cada minuto. Mas voces não tem culpa disso, portanto peço desculpa por algum incomodo.

  12. A mim não me incomodaste!
    Mas parece-me e desculpa a franqueza, que eu/nós te incomodámos a ti… creio que não era essa a intensão de ninguém.
    Por vezes dizem-se aqui muitas asneiras, mas entre quem está. Se exageramos? Acredito que sim, mas nos dias que correm, o que me faz rir é sempre bem vindo e em nenhum momento estou a rir de, estou sempre a rir com.

    beijinhos!

  13. tá demais marta, e fui ver de onde partiste, acho que já conhecia o blog nao sei se foi através deste ou se doutro.
    Mas adorei o humor do teu texto!

    beijos

  14. Fontez,

    Obrigada!
    Para ti uma boa semana.
    Mas deixa-me que te diga, acho que essa “malta” que falas, não anda toda por aqui! 😉

    beijoca!

    M,
    🙂 Ainda bem que gostaste. Ouvir isso é sempre muito bom!

    Beijos!

  15. … tadinha da namorada. Bem e tadinha da sogra! Sim, porque aposto que a nora sente o mesmo. Afinal em tantos casos sogras e noras andam sempre uma contra a outra! Sorte a minha… não é o meu caso!

    Beijinhos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s