vontade

“Como vais minha querida?”
Leio a mensagem e esboço um ligeiro sorriso, sei o que vem a seguir. Conhecemo-nos bem, mas é sempre uma descoberta,  um desafio, um pedaço de loucura, um prazer… tudo se iniciou há tanto tempo que bem podia ter começado com o clássico era uma vez.
Não sei precisar o ano, mas posso garantir-vos que é algo do século passado, se bem que na altura, segundo ele, ainda fazíamos parte do escalão dos infantis e não sabíamos que íamos chegar a prós no jogo. Já eu, considero que éramos juvenis, ignorantes é certo, mas não completamente ingénuos. O curioso, ou talvez não, visto que estivemos sempre fora de tempo, é que em tantos anos nunca tivemos uma relação e nunca o tentámos sequer, se o tivéssemos feito teríamos certamente estragado tudo. O nosso segredo tem sido a moderação com que nos degustamos, estamos um perante o outro como uma iguaria rara, algo a que podemos aspirar apenas algumas vezes, poucas, sem nunca sabermos qual delas será a derradeira.
O bom em nós, se há um “nós”, é vivermos os dias em que os nossos caminhos distantes se cruzam, absorvermos essas horas como se simplesmente fosse acabar o mundo, é partilhamos os corpos, recordando-lhes os traços, os sabores… é podermos somente beber um vinho sentados no chão, enredados, e fazermos dessa uma experiência arrojada, sensual… é no dia seguinte sem promessas  nem dramas seguirmos os caminhos distintos que sempre percorremos, porque o mundo não acabou.
O bom em nós, porque sim, há um “nós”, é o fantasiarmos que em qualquer momento poderemos cruzar-nos novamente e inventar um novo fim de mundo só nosso.
O bom em nós, disse-lhe em tempos, é a…
“… vontade.”
“… muita… incontrolável.”
“… não… incontornável!”
O bom em nós, é adivinhar lá pela sexagésima mensagem, o momento em que nenhum dos dois pode esperar por muito mais tempo.
“Diz-me. Estás sozinha, esta noite?”
“Não… espero que não…”

13 thoughts on “vontade

  1. Fontez,

    Não estou sozinha!!!
    Espero não estar deprimida, mas isso já não o posso garantir…

    Mas este texto não fala deste meu momento, se o fizesse eu tê-lo-ia colocado no confesso. Este texto deixou-me contente, porque me apetecia escrever há muito tempo e não estava fácil. 🙂

    Beijinhos!

  2. Im,

    Fora dos contos eu chamar-lhe-ia quase impossível, a não ser que ao cocktail acrescentássemos a culpa ou a falta de escrúpulos…

    Bem vinda.🙂

    Beijos!

  3. Hum,
    este post fez-me sonhar com algo…
    não não é um Ferrero Rocher, mas algo tão delicioso quanto o bombom. Será que devo tentar uma mensagem do género?

  4. Cris,

    Ora bem, eu não sei se percebi o teu comment, mas se há em ti alguma história identica a esta “minha vontade”, porque não a deverias degustar por estas alturas? Acho que o inicio do tempo frio é sempre uma altura de grande potencial!😀

    Beijocas!

  5. Existe uma vontade, um querer… Um querer intenso, louco, sem medidas ou fronteiras. Não existe um compromisso, a rotina… a obrigação. Existe apenas a loucura do querer. Existe a cumplicidade dos anos, a parceria, o conhecimento que poucos têm, o sorriso, a verdade crua porque nao existe… lá está… o compromisso, as expectativas. Sabe-se o que se é, e se é, é porque se quer… Pode-se nao estar, mas quando se está… quer-se!

    Beijos primota

  6. Cátia,

    Sim, é a não obrigação, é a ausencia de rotina, é tudo isso que diseste.
    Julgo eu, que é também raro ter alguém assim, conseguir conviver com isso sem exigir, sem confundir as coisas.🙂

    Beijocas!

  7. ó menina, vamos lá escrever mais um continho, upa! Vamos lá, que apetece-me ler coisas novas… ou velhas coisas com outras roupagens

  8. Marta, Marta… nunca um texto teu me fez tão sentido!…

    Ai, pudesse eu escrever sobre o que tenho vivido e seriam essas as palavras…

    beijo

  9. 🙂
    A “vontade”, quando é bem vivida, deixa-nos sempre um sorriso nos lábios e na memória… ainda que nem sempre se possa escrever sobre ela, pelo menos no presente… às vezes temos que esperar alguns anos para o podermos fazer!!
    😉
    beijos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s