tentações

“E não nos deixeis cair em tentação” – murmuro, semicerrando os olhos.
Recosto-me e respiro fundo. É mais forte do que eu imaginar-te em mim. Suave, envolvente.
“E não nos deixeis cair em tentação” – repito-me, sem conseguir reprimir o desejo.
Sinto um ligeiro tremor, uma ansiedade crescente, uma inquietação.
“E não nos deixes cair em tentação” – suspiro, incapaz de conter um humedecer de lábios.
Todo o corpo me pede por ti. Consigo, na antecipação, adivinhar-te o sabor.
“Mas livrai-nos do mal” – suplico, enquanto cedo e te trinco.

4 thoughts on “tentações

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s