margarida #14

Para o Rodrigo a porta batida nas suas costas, foi como se ela lhe enfiasse a mão pela boca e com ela lhe arrancasse o coração, rasgando tudo à sua passagem. Um pedaço seu ficou ali, esmagado naquela porta atirada pela raiva ou pela dor, não percebia.

Havia nela muito que não percebia. Não duvidava do seu amor, isso não, sentira-o tantas vezes no seu olhar pousado em si, no sorriso das coisas pequenas e brutalmente importantes que tinham partilhado… o seu amor reconhecera-o em cada vez que fizeram amor e em cada vez que se devoraram de forma urgente, quase animal. O que ele não podia entender era o porquê, de apesar desse amor do qual ele não duvidava, ela não o querer, o porquê de não estar disposta a aproximar-se dele, a deixá-lo entrar verdadeiramente na sua vida. O que o esmagava era essa incompreensão, quando para ele, bastava um simples gesto, um piscar de olho, uma palavra, um suspiro. O que o matava, a pedaços, era saber que mesmo tendo o seu amor, ainda assim não a teria…

Na verdade antes dela tinha amado apenas uma vez, tudo mais tinham sido vontades e, tinham sido algumas, foi por uma dessas vontades que perdeu a mulher com quem iria casar. Um sacana, era assim que costumava pensar em si e agora, perdido, desconhecia-se naquele registo, naquela dor. Não que os sacanas não sofram, só quem nunca o foi, pode ignorar a dor “dos vilões”, a que não se justifica, a que ninguém entende, a que os anula. Só quem nunca o foi desconhece o vazio e a solidão que os preenche em dias cheios de coisa nenhuma. Não que tivesse sido fácil ter vivido a vida inteira a reconhecer-se, muitas vezes até brutalmente pior do que na realidade o era, não que não tivesse sofrido, mas desconhecia completamente aquela dor castradora que o acompanhava. Precisava de tempo, tempo que lhe permitisse respirar outra vez, acalmar-lhe a mágoa que sentia a esmagar-lhe o peito. Também ele sabia de fugas em frente… talvez as almas se procurem e se reconheçam…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s